compartilhe
Você tinha medo, eu não. Você tinha algo, eu não tinha ninguém.
Esteban.    (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
compartilhe
Vivo em um mundo de ilusões. Coloco expectativas demais em tudo, e sempre me decepciono no final. Sempre falo que vou parar… nunca consigo. Não seja como eu. Quer um conselho? Abandone a expectativa e convide o inesperado. Você não terá tantas frustrações, vai por mim.
Sam Folcker. (via recontador)
compartilhe
Certos namorados brigam dia sim, dia não. Na sexta se amam, no sábado se odeiam, no domingo fazem as pazes, na segunda prometem nunca mais se ver. São amores movido à adrenalina, que rendem bons versos e letras de música. Muito destes casais conseguem chegar ao altar e continuam entre tapas e beijos até as bodas de ouro. Brigam e voltam tantas, mas tantas vezes, que na verdade nunca chegam a se separar. Deixe que digam, que pensem, que falem. O amor é lindo.
Martha Medeiros.  (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)
compartilhe
Ela pediu aos céus para que não mandassem nenhum anjo com asas, ela só queria a imperfeição, talvez outro anjo perdido como ela, com as mesmas feridas a serem curadas, as mesmas dores e os mesmos desejos ardentes. O que chamavam de destino, não parecia nenhum caminho reto sem curvas. Mas ela realmente tinha um plano a ser traçado, deixaria chover dentro de cada pequeno espaço de si, até que tudo transbordasse, mesmo sabendo que depois nada se encaixaria ali. Até que nenhuma luz fosse capaz de iluminar aqueles olhos, ou encontrá-los. Mas dentro de toda aquela confusão, algo extraordinário aconteceu. Capaz de quebrar muros, de parar com as chuvas, de curar feridas, de tirar a dor e oferecer a paz. Algo que eu chamo de amor.
Fred Medeiros.  (via combarreira)
compartilhe
Ela pediu aos céus para que não mandassem nenhum anjo com asas, ela só queria a imperfeição, talvez outro anjo perdido como ela, com as mesmas feridas a serem curadas, as mesmas dores e os mesmos desejos ardentes. O que chamavam de destino, não parecia nenhum caminho reto sem curvas. Mas ela realmente tinha um plano a ser traçado, deixaria chover dentro de cada pequeno espaço de si, até que tudo transbordasse, mesmo sabendo que depois nada se encaixaria ali. Até que nenhuma luz fosse capaz de iluminar aqueles olhos, ou encontrá-los. Mas dentro de toda aquela confusão, algo extraordinário aconteceu. Capaz de quebrar muros, de parar com as chuvas, de curar feridas, de tirar a dor e oferecer a paz. Algo que eu chamo de amor.
Fred Medeiros.  (via combarreira)
compartilhe
O medo não passa de uma oportunidade para mostrar coragem. Agarre. Aquela sua segurança de sempre não tinha nada de corajosa, era só medo de sentir medo.
Gabito Nunes.  (via poesia-imprescindivel)
compartilhe
A felicidade não entra em portas trancadas.
Chico Xavier.   (via florealista)
compartilhe
Aí você me procura pra dizer que sente a minha falta mesmo quando seu orgulho não quer dizer porra nenhuma, mas você diz. E é tão lindo quando você diz.
Thiara Macedo (sdpm)
envolvendo-se